segunda-feira, 29 de junho de 2009

Pride 2009

Ora pois muito que bem! É sempre uma maneira bonita de se começar uma nova postagem! Este sábado à noite decorreu mais um Arraial Pride em Lisboa, desta vez realizado nos jardins junto à Torre de Belém devido ao facto de a Praça do Comércio estar em obras e também, convém não esquecer, devido ao Pedro Santana Lopes não ser presidente da Câmara Municipal, caso contrário ainda ia toda a gente parar novamente ao Parque do Calhau e ninguém quer isso, portanto nada de votar nele nas próximas eleições!

Pondo a política de parte, a festa até que foi engraçada. Quando lá cheguei estava a cantar um grupo qualquer de heavy metal ou hard rock (coisa mais estranha para se ter numa festa gay, mas enfim).

Depois vieram as travecas todas e, no geral, não gostei lá muito do show! Há que renovar o transformismo português e descobrir que há mais cantigas pra fazer além das espanholadas típicas da Rocío e afins.

Vá lá que, a seguir aos shows, veio um grupo espanhol, La Terremoto de Alcorcon, que animou as hostes! Estes sim achei piada! Deu pra rir, pra dançar... pra tudo! Mais abaixo podem ver um pouco do que falo.

E eis que quando começava a vez dos dj's... São Pedro não gostou e desatou a chover! E foi ver toda a gente a correr a procurar abrigo debaixo das árvores ou nas poucas (e apinhadas) tendas que havia! A chuva acabou por abrandar e foi a debandada total e a luta pelos táxis!

Mas acima de tudo o que interessa é a companhia e, ir com quem se gosta, vale sempre a pena!

video

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Pacsivia

Hoje ao navegar pela net descobri um vídeo fantabulástico! Um verdadeiro concorrente à Actívia! Ora vejam!
video

sábado, 13 de junho de 2009

sábado, 6 de junho de 2009

Período de reflexão

Amanhã Portugal vai, mais uma vez, a votos para eleger os seus deputados para o Parlamento Europeu. A campanha decorreu de forma pacífica e verdadeiramente esclarecedora, em que os portugueses viram esclarecidas todas as dúvidas que pudessem ter sobre as propostas que cada candidato trazia à campanha!

Este poderia ser o relato verdadeiro de alguém que não toma a medicação a tempo e perde noção do país em que vive! Amanhã vamos a votos sim! Mas o que se viu na campanha eleitoral? Uma pouca vergonha! Em vez de se discutirem as propostas do que se pretende fazer na próxima legislatura europeia (em que o assunto mais importante que o Parlamento Europeu irá discutir é a nova forma de financiamento da União), o que fazem os partidos políticos em Portugal? Discutem politiquices e banalidades sem interesse, atacam-se mutuamente por questões internas e sabe lá mais Deus o quê!

Resumidamente tivemos assim a campanha:

PS- Eu quero ouvir a Dra. Manuela Ferreira Leite a falar do caso BPN! (algo realmente muito importante para a Europa)

PSD- O candidato do PS não presta e devia pedir desculpa! (muito se ofendem eles e depois ficam todos amigos)

CDU-Olhem como os capitalistas tratam os trabalhadores! (mesmo assim de todos ainda foi o partido que verdadeiramente mais discutiu a questão europeia)

BE- Temos que tirar a maioria ao Eng. Sócrates e tirar o dinheiro aos capitalistas que trabalharam para o ganhar e não o querem dar aos outros! (mas é mesmo engenheiro?)

CDS/PP- Eu tenho documentos e vou mostrá-los! (mais uma vez sobre o caso BPN, de importância urgente para Portugal apresentar na próxima composição parlamentar europeia)

Com campanhas assim ainda se espantam que a abstenção seja a grande vencedora? Penso que de uma forma geral (e não apenas em Portugal), os políticos europeístas vivem desligados da vontade dos europeus. Meus senhores: há que baixar um pouco à realidade e ouvir as populações! Não se podem fazer construções políticas artificiais contra a vontade dos povos!

Já Saramago o questionou: E se ganhasse o voto em branco?

Eu acrescento: e se a abstenção servisse para não validar as eleições?