sábado, 31 de outubro de 2009

A verdade é finalmente revelada

Afinal o livro do Génesis está errado! Finalmente se descobriu o porquê da expulsão de Adão e Eva do paraíso. A porem as culpas na pobre da serpente e na maçã.... tanta gente enganada ao longo de séculos... tsc tsc... e não se esqueçam que, de acordo com a Bíblia, Deus fez o homem à sua imagem e semelhança! ;-)

video

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Dá gosto ser português

O mostrengo que está no fim do mar
Na noite de breu ergueu-se a voar;
À roda da nau voou três vezes,
Voou três vezes a chiar,

E disse: «Quem é que ousou entrar
Nas minhas cavernas que não desvendo,
Meus tectos negros do fim do mundo?»
E o homem do leme disse, tremendo:

«El-Rei D. João Segundo!»
«De quem são as velas onde me roço?
De quem as quilhas que vejo e ouço?»
Disse o mostrengo, e rodou três vezes,

Três vezes rodou imundo e grosso.
«Quem vem poder o que só eu posso,
Que moro onde nunca ninguém me visse
E escorro os medos do mar sem fundo?»

E o homem do leme tremeu, e disse:
«El-Rei D. João Segundo!»
Três vezes do leme as mãos ergueu,
Três vezes ao leme as reprendeu,

E disse no fim de tremer três vezes:
«Aqui ao leme sou mais do que eu:
Sou um povo que quer o mar que é teu;
E mais que o mostrengo, que me a alma teme

E roda nas trevas do fim do mundo,
Manda a vontade, que me ata ao leme,
De El-Rei D. João Segundo!»

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Guardo algo de ti...


Guardo algo de ti em meus lábios,

Dado ao desgosto, doce, que sorvo em frenesim,

E por muito, toco os lábios, querendo talvez,

Que me seja os dedos húmidos(dado ao pranto)

A causa(sina) para tanto sofrer.


Guardo algo de ti em meu lábios,

Mesmo que para ti, bocas sejam apenas bocas,

Sabendo que não enxergas alma, tão pouco calma,

Naquilo que insistentemente chamas de amor.


Guardo, quem sabe por doce teimosia, inquieta...

Para que saibas que inda que não haja(de ti) amor,

É certo que há um peito, e nele há um sonho,

Mesmo que não saibas: No peito habita um coração.


Ainda assim, guardo algo de ti...insosso

Quer seja nos lábios, quer seja num poema triste.

Pois minha existência é tão finda, não cabe desamor.


Guardo algo de ti, sim! Em minh'alma,

E sem nenhuma métrica o faço,

Talvez por não ser um canto, nem pranto(saiba).

Apenas como um poema para me recordar...

Why do all good things come to an end

video

Why do they?

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Dança masculina

Para aqueles que não sabem o Tango nasceu nos fins do século XIX, em Buenos Aires. Em público, dançavam homens com homens pois naqueles tempos era considerada obscena a dança entre homens e mulheres abraçados.

video

domingo, 18 de outubro de 2009

A sad sad song

Esta é para mim uma das músicas mais tristes que conheço. Embora muita gente não se aperceba disso, mas se atentarmos bem na letra... é de partir o coração e fala do que muitas vezes acontece no final de uma relação, mas em que, apesar desse final, uma das partes ainda continua a amar a outra!

video

sábado, 17 de outubro de 2009

Um filme a não perder

Vi esta apresentação no iutubi e achei que valia a pena partilhar. Honestamente (e aqui assumo a minha falha), não sei se o filme já estreou ou se sequer vai estrear em Portugal, visto não me parecer um filme tipo "mainstream", mas é também para isso que serve a internet, não é mesmo? ;-)

Lets look at a traila! :-)

video

Publicidade preservativa

video

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Pergunta e resposta

Li uma vez o seguinte no perfil de um bloguista:

"I just wanted the whole world to be happy... Why is it so hard?"

Eu responderia com outra questão:

- Porque domina o egoísmo e as pessoas não sabem ser sinceras?

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Diálogo a dois (via sms)

Eu - Tens razão. Acho que não te consigo ver só como amigo. :-(

Ele- Não digas disparates. Dá tempo ao tempo. Por favor. Beijos.

Eu- Não te consigo imaginar com alguém ao lado e sentir-me feliz por ti.

Ele- Não te preocupes com o que ainda não aconteceu. Até lá, ambos trabalhamos o que me parece ser bom manter. A Amizade. Beijos

Eu- Mas eu quero-te como mais do que amigo :-(
Eu- Tou fodido (desculpa a expressão)

Ele- Tenta relaxar.

Eu- Tu não me estás a querer ouvir :-(

Ele- Porquê?

Eu- O que te disse eu? O que me respondeste tu?

Ele- Eu sei que me queres mais do que como amigo! Mas eu não posso mudar isso... Tens que ser tu! Eu só posso ajudar. E estou a tentar.

Eu- Eu disse-te que não vou conseguir mudar isso

Ele- Se não consegues mudar é porque não tens força suficiente. Se a minha ajuda também não é suficiente, não sei que mais fazer ou dizer. Apenas que EU quero tentar.

Eu- Não percebes ou não estás a querer entender. Mesmo que não o diga sabes que gosto de ti. Adeus.

sábado, 10 de outubro de 2009

A Barraca Abana

Ontem toda a gente ficou surpreendida ao ouvir o nome de Barack Obama como vencedor do prestigiado prémio Nobel da Paz. E se formos a pensar bem, o que fez ele para merecer o prémio, além de ser o presidente mais bronzeado dos EUA?

Se navegarmos um pouco pelos vários jornais descobrimos, de acordo com o jornal i, que desde a tomada de posse de Barack Obama na presidência até à entrega das candidaturas dos nomeados, passaram apenas 12 dias. Leram bem: 12 dias! Ora o que fez este homem em 12 dias para ser merecedor de um prémio que distingue quem, ao longo de 12 meses, mais contribuiu para a paz mundial ou até local? Pus-me a pensar nisso e penso que descobri a solução. A questão está no número. Para Oslo o que interessa é o 12, não faz diferença se são dias ou meses, desde que o 12 lá esteja, está tudo bem.

Mas pronto. Vamos lá ser simpáticos. Está bem que em 12 dias ele não teve grandes hipóteses para acabar com a fome e a guerra no mundo (tal como a miss universo diria ser o seu maior desejo, quando na prática ela queria era ter muito dinheiro e passar o dia a ser impalada por um negão com uma jeba duns 32 cm), mas vamos então ver o que fez ele desde que está na presidência em prol da paz:

- Prometeu retirar os soldados americanos do Iraque e cumpriu a sua promessa. Mas ficou o Iraque pacificado? Penso que a retirada se deveu mais à quantidade de baixas que andavam a sofrer e a pressão que isso causava na opinião pública americana... mas que sei eu?

- Prometeu acabar com a prisão ilegal de Guantanamo. Aqui deparou-se com uma série de problemas internos e, então, para resolver a situação teve uma ideia brilhante, "convidou" alguns dos países amigos dos EUA a receberem esses os prisioneiros detidos em Guantanamo. É o chamado distribuir o mal pelas aldeias. Distribui-se uns quantos prisioneiros por uns quantos países e a questão fica resolvida e não se fala mais nisso, o certo é que a grande maioria continua detida ilegalmente sem julgamento há anos.

- Temos também o Afeganistão. E aqui está um belo exemplo de como não se aprende com a História. A URSS, que era a super potência que era, com todo o seu poderio militar, invadiu o Afeganistão e esteve em guerra lá durante 11 anos, vendo-se forçada a retirar, não só porque a política no palco mundial se alterou, mas também porque estava a ser derrotada. A guerra do Afeganistão é muitas vezes apelidada do Vietname soviético. Os EUA já estão há alguns anitos no território e além de sofrerem baixas e matarem uns quantos civis e bombardearem montanhas, ainda não fizeram nada... perdão... fizeram eleger um governo fantoche. Mas Barack Obama já havia prometido o envio de mais tropas para o território e, curiosamente, como recebeu um prémio em prol da paz, essa medida tão pomposamente anunciada foi agora adiada, se não mesmo eliminada.

- Barack Obama fez os EUA iniciarem conversações, com um espírito mais aberto, com o Irão e com a Coreia do Norte, o certo é que essas conversações não deram em nada e a questão nuclear continua por resolver.

- Valerá a pena falar no Médio Oriente e no conflito entre Israel e a Palestina? Hmmmm... penso que não, pois nesse campo também não houve avanços... a não ser a construção, por Israel, de mais uns quantos colunatos.

Barack Obama tem carisma e isso é indesmentível. Tem um bronze que muitos invejam. Mas isso basta para o considerar merecedor, a par de todas as personalidades mundiais, como o que mais fez pela paz nos últimos 12 meses? Perdão... 12 dias? Aiiiiii.... já estou baralhado!

É claro que esta foi uma atribuição política, quase como que um prémio de esperança no que esta administração americana pode vir a fazer. O "El Mundo" chama-lhe um erro colossal. Os próprios jornais americanos consideram ser um embaraço para os EUA, pois agora todas as acções de Obama enquanto presidente dos EUA vão estar sobre um escrutínio mais apertado.

Depois há uma coisa que não percebi. Barack Obama diz ter recebido o prémio com humildade. É mentira. Eu bem vi. Ele recebeu-o com as mãos! Se calhar ele queria dizer com humidade, porque tinha acabado de pôr creme hidratante e aquilo ainda não tinha sido absorvido pela pele.

Mas quem eu acho que realmente merecia o prémio Nobel da Paz eram os professores portugueses. Esses sim trabalharam muito pela PAZ. Conseguiram aguentar uma ministra hitleriana sem a esquartejar! E que eu saiba, mandar uns quantos ovos não é propriamente o mesmo que mandar mísseis e matar inocentes e depois chamar-lhe incidente. E os portugueses sofrem muito mais. Imaginem que agora a Milú, no próximo verão, decide fazer nudismo? O terror, o pânico! Os professores portugueses mereciam pelo menos 10 mil prémios Nobel da Paz! Tenho dito.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

segunda-feira, 5 de outubro de 2009